Conheça os 7 chakras e as pedras que representam cada um

Conheça os 7 chakras e as pedras que representam cada um

Se a vida não vai bem o organismo dá um alerta. Já pensou que isso não acontece à toa? Pois é, o nosso corpo possui centros de energia, os chamados chakras. São eles os responsáveis por determinadas áreas da nossa vida e estão ligados, por exemplo, ao aspecto físico, às emoções, ao equilíbrio da nossa mente e, ainda, à energia que de nós emana. Neste texto, vamos conhecer os sete chakras principais e as pedras que cada um representa.


Chakras: o equilíbrio

A palavra “chakra” vem de uma antiga língua falada pelos habitantes da Índia e do Nepal, o sânscrito. É por isso que há registros históricos mostrando que os chakras teriam aparecido, pela primeira vez, nos livros sagrados da religião hindu. O budismo, derivação do hinduísmo, também faz referência aos pontos de energia.

Embora, segundo estimativa, existam no corpo humano mais de 80 mil chakras, são sete os principais. Localizados do topo da cabeça até a parte inferior da coluna vertebral, os chakras possuem relação com algum órgão do nosso corpo e representam pontos de energia importantes para o nosso organismo.

Para promover o alinhamento dos chakras, são utilizadas algumas técnicas em que se faz uso de determinadas pedras. Elas são condutoras de energia e se conectam às cores do chakra.


Descubra a importância de cada um dos chakras:

Primeiro chakra ou chakra-base: de cor vermelha, esse chakra se localiza na região genital e se relaciona com a parte inferior do nosso corpo. Representa a ligação do homem com a energia da terra e está relacionado à sobrevivência. Quando em desalinho, é capaz de gerar desânimo, fadiga, insegurança e até gripe. Como está relacionado à sobrevivência, o desequilíbrio afeta as necessidades básicas. As pedras desse chakra são jaspe vermelho, turmalina negra, ágata vermelha, granada ou obsidiana.

Segundo chakra ou chakra umbilical: de cor laranja, está localizado próximo ao umbigo e tem relação com a energia sexual e o poder criativo. Representa a ligação com o elemento água e é responsável pelo bem-estar físico e pela autoestima. Quando em desequilíbrio, causa culpas, angústias, medos, dificuldades sexuais, ciúme e até dificuldade para viver. O segundo chakra é representado pelas pedras calcita laranja, ágata de fogo, jaspe madeira, cornalina e coral.

Terceiro chakra ou plexo solar: de cor amarela, relaciona-se com o elemento fogo e é responsável pelo nosso ego. Tem a ver com coragem, vontade, poder, força e autoconfiança. Está localizado pouco acima do umbigo e, quando possui excesso de energia, causa egoísmo, fúria e ódio. Se tiver com baixa energia, gera apatia, problemas digestivos e insatisfação. É representado pelas pedras âmbar, ouro, calcita amarela, olho de tigre e topázio imperial.

Quarto chakra ou chakra cardíaco: de cor verde ou rosa, está localizado próximo ao coração e é responsável pelas emoções, pela vitalidade, pelo amor e pela sabedoria. Ligado ao elemento éter, quando em desequilíbrio, gera problemas cardíacos, nos relacionamentos e instabilidade emocional. O quarto chakra é ativado pelas pedras turmalina melancia, quartzo verde, quartzo rosa, amazonita, jade, musgo e esmeralda.

Quinto chakra ou chakra laríngeo: representado pelo azul-claro, esse chakra tem relação com o elemento éter e está localizado na região da laringe. Tem a ver com comunicação e expressão. Em desequilíbrio, faz a pessoa falar sem pensar ou “aguentar” tudo calada. É ativado pelas pedras turquesa, água marinha e quartzo azul.

Sexto chakra ou chakra frontal: de cor azul anil ou índigo, está localizado entre as sobrancelhas e tem relação com o elemento éter também. Liga-se à mente, à espiritualidade, à imaginação e à memória. Se estiver desalinhado, gera pesadelos, pensamentos dissociados, tensão e insônia. Remete às pedras lápis lazuli, safira azul e azurita.

Sétimo chakra ou chakra coronal: de cor violeta ou dourada, localiza-se no centro da cabeça e tem relação com o elemento éter. Liga-se às entidades superiores e ao universo, e relaciona-se com o sistema nervoso central. Quando em desequilíbrio, causa tristeza, alienação e falta de esperança no mundo. O sétimo chakra é alinhado com as pedras angelita, ametista, quartzo branco e topázio incolor.

Conhecer as pedras correspondentes é fundamental para fazer nosso alinhamento e promover o equilíbrio espiritual e mental.
Compartilhar: